quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Oh, moreno.

 O universo me dizia que você, moreno és a minha estrela guia. E eu sai mundo á fora em busca desse amor que não o conheço bem, apenas como sentimento, porém o queria desvendar.
 Oh, moreno. Já observou a lua hoje? Está tão linda. Olhe e veja, como ela brilha refletindo o nosso amor. Ele é doce e sincero, o mais puro elixir da vida.
 Ei, moreno. Eu privei de muitos o meu amor, muitos o quis, porém eu não o dava, pois sabia que você moreno ia tomar ele de mim.
 Moreno dos olhos escuros ardentes feito uma chama que me puxa e me chama. Me envolve e me assanha. Oh, moreno, como lhe quero, lhe desejo em um anseio, um desespero. Peço lhe, seja meu.
 Ah, moreno. Se soubesse o estrago que me faz, se assustaria. Seus olhos me mostram um mundo além do nosso, me mostram como a vida é linda moreno.
 Moreno, moreno. Como lhe quero bem. Como quero lhe fazer feliz. Lhe mostrar o meu mundo e te tornar parte dele, te fazer meu só meu.

 (...) Oh moreno, MEU moreno.

Ele estava lá

 Ele estava lá. Sim, estava. E eu pensava porque veio de tão longe estar junto, ali. Ele estava lá, e eu imaginava o que ele pensava sobre mim, será que me notava? Era ele, sim ele que quando sorria, minhas mãos tremiam, minhas pernas bambeavam. Nossa, o que é isso que estou sentindo? Ele estava lá, e eu parada, paralisada, as pessoas continuavam sua vida, sua rotina. E nem olhar vidrado, uníamos nossos pensamentos num só.
 Ele estava lá, e eu podia escutar seus batimentos em seu coração bem distante. Ele estava lá, sua pele morena mostrava suas veias saltarem como um ato de fevor, seu peito forte mostrava os músculos, e escondia seu coração tímido e encarecido de afeto. Seus cabelos negros, escuros como sua vida de desamores. 

 (...) Ah, como eu queria desvendar seu mistério, moreno.

Sua face verdadeira

 Enfim, me libertei dessa corrente que me prendia a alguém a quem eu não queria magoar por causa de minha falta de amor. Amor este que eu o guardava trancado em sete chaves, sem saber bem a quem eu o iria entregar este amor, nem se ainda havia alguém que pudesse me tirar dessa tristeza toda que era estar com alguém no qual fazia milhares de planos para o futuro, mesmo assim não tinha certeza se realmente o amava.
 Sabe, eu até que queria que isso tudo que viviamos fosse pra sempre, que nossos planos pro futuro se concretizassem. Mas então, me coloquei no lugar dele. Poxa, eu iria odiar ficar com uma pessoa que não me amasse completamente, que quando eu estou longe penso o quanto ela sente a minha falta sendo que ela está-la, pensando em outra pessoa, que ela se sente obrigada a me ver todos os dias como se fossemos casados.
 Eu iria querer alguém que me ame de corpo e alma, e não estivesse comigo por dó de me ver sofrer. Mas sim por amor, por precisar mesmo de mim ao lado dela, que contasse os milésimos de segundos pra me ver. Então, eu dei um basta! E sabe quando você termina com alguém por esse motivo e espera que a pessoa fique triste porém entenda? Não foi assim, ele foi um monstro, um insensível...
 Ele mostrou a sua face verdadeira (...)

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Está doendo (...)

 Será que devo deixar tudo para trás e enfrentar algo desconhecido? Porque? Porque isso foi acontecer comigo? São essas perguntas que faço a mim mesma, e como sei que não encontrarei as respostas sozinha eu procuro conselhos dos outros. Ninguém entende.
 Mas o que eu posso fazer? Se fujo dos braços de quem eu conheço e confio tanto, para correr para os braços de alguém que nem conheço direito? Eu me vejo perdida, sozinha no meio de um beco-sem-saída, em um mar de sentimentos que ele me afogou.
  
Eu já senti essa doença por alguém, ela se chama amor (...)

 Trancada no meu quarto, jogada no chão aos prantos, eu brigo com dois lados da minha consciência:

-Você sabe que se largar ele, ele larga tudo que ja viveu no lixo e tem muita coragem de deixar de existir! Ele não aguenta mais sua familia e só você o faz ter vontade de ainda viver! Ele te disse que se ele perceber que nada disso foi em vão ele não tem mais porque existir.

-Ei, não houve, ela largue ele! você não o ama? Foge com ele vão viver juntos!

Eu juro, eu vou enlouquecer! Eu o encontrei, como ele diz: "Pelo destino" e não quero que ele vá, eu o amo. Por favor, fique. Me ajude a enfrentar isso tudo. Está doendo(...)

Impossível!!

 Tenho um jeito intenso, jeito tão intenso este, que eu acabo me perdendo em minha própria indecisão. Pra mim, um amor sendo ele recíproco ou não tem que ser intenso. Nele, existe uma chama, e essa chama não pode se apagar, do contrario, eu continuo perdida. E ultimamente é algo que acontece. 
 Eu achava que acreditava no amor, nessa chama ardente que vos falo. Porém acho que esse sentimento com meu companheiro não existe mais, e isso dói. Eu não deveria trocar uma tremenda história de tanto tempo, por algo momentâneo. Tenho consciência disso.
 Mas algo (ou alguém) está mexendo comigo. Porém, disse eu, não tenho consciência disso. Sim, digo isso porque eu vou fugir dessa rotina louca. Irei me mudar. E não o verei, sim aquele que faz meu coração dar suspiros (e eu sempre os escuto) espero muito este dia. Pois, quando acontecer, me livrarei dessa vontade louca de ter ele pra mim. Impossível.

sexta-feira, 11 de julho de 2014

Me conserte!

 Sempre que eu te vejo, sinto uma vontade imensa de te mostrar e te dizer de todos os jeitos possíveis que te amo profundamente. Eu já te expliquei muito sobre isso, mas é que não estou aguentando mais.
 Eu tento de todas as maneiras, e mesmo que você já tenha esse conhecimento sobre os meus infinitos sentimentos, eu sinto que não é muito e que não pode ser que o que eu sinto seja apenas isto.
 Você me faz tão bem, e demonstra tão bem o seu amor por mim que eu chego a sentir vergonha. Sim, vergonha dessa "miséria" que demonstro. E isso me dói bastante.
 E eu me desespero simplesmente porque tenho medo que essa situação te afaste de mim aos poucos. Toda a vez que te trato diferente (de uma maneira negativa) é apenas tentando te tratar com amor.
 E eu me cobro muito em te dar o melhor, em te dizer o melhor. Em te dar o melhor abrigo do mundo no meu coração. Apesar de não querer admitir que o que eu preciso é que você me dê seu abrigo e conserte essa bagunça em que me tornei.